Blog de crítica e opiniões sobre as políticas que afetam negativamente a humanidade. O Homem na atualidade necessita urgentemente de arrepiar caminho, em busca de um novo Mundo!

31
Ago 14

A todos os leitores deste blog as minhas desculpas por esta ausência, mas tenho andado com os neurónios adormecidos. O post de hoje é dedicado ao mudar de página. Os nossos insucessos e os obstáculos que experimentamos nas nossas vidas, para a grande maioria das pessoas são problemas terríveis, mas devemos encara-los como novas oportunidades.

Não era espectável que nos dias de hoje vivêssemos numa sociedade com tantos problemas e desequilíbrios, que geram tanta incerteza e induzem um sentimento negativo na vivência da esmagadora maioria das pessoas. Os portugueses têm sido de um estoicismo fantástico. Chegou a hora de mudar as páginas e preparar o futuro transformando o negativo em positivo.

Somos um povo com qualidades inigualáveis demostradas dentro e além-fronteiras. A empatia é sem dúvida uma delas, sendo crucial para o sucesso pessoal e global, como também o são o saber fracassar, o valor da vulnerabilidade, a ambição e a cultura organizacional onde nos inserimos.

Depois desta grande tragédia financeira e social que estamos a experimentar, temos de nos recompor e renascer com uma força adicional. A este comportamento chama-se resiliência, sendo a resposta ideal a qualquer tipo de adversidade. É assim que temos de responder a opção dos governos pela hegemonia da economia sobre as pessoas e ao crescimento económico sem limites à custa da dignidade humana. A economia tem pois que estar ao serviço das pessoas e não estas ao seu serviço. Este tem de ser o novo paradigma da renovada sociedade.

publicado por franciscofonseca às 12:23
sinto-me:

14
Set 12

A realeza britânica a braços com novos escândalos. As fotos de Kate Middleton, duquesa de Cambridge, em topless publicadas despertaram a fúria da família real britânica, que lembra os excessos da imprensa sofridos pela falecida Lady Di, princesa de Gales. Para ajudar á festa, semanas antes apareceram as fotos do príncipe Harry, irmão de William, nu, enquanto desfrutava de uma festa com seus amigos num quarto de hotel, em Las Vegas com raparigas em biquíni.

O princípe William ao ser informado sobre a publicação, ficou bastante transtornado, já que é um tema sensível, pois a sua mãe morreu em um acidente de carro em Paris no dia 31 de agosto de 1997 após ser perseguida por alguns paparazzi de moto.

Mas na realidade as fotos mostram uma jovem mulher tomando banhos de sol de topless, como milhões de mulheres que todos vemos nas praias. Claro está que suas altezas reais ficaram muito tristes ao verem a sua privacidade invadida por uma revista francesa e um fotógrafo de forma tão grotesca e totalmente injustificada.

O bom sinal é que segundo a diretora da revista closer declarou que estas fotos constituem uma série preciosa, pois mostram um casal apaixonado. Nesse aspeto a família real pode ficar descansada.

Antes de serem publicadas, as imagens do topless de Kate foram oferecidas a revistas britânicas, mas nenhuma aceitou tamanha oferta, em nome da família real. Muitas disseram que seria impensável que alguém podesse atrever-se a tirar fotos como estas e inclusive publicá-las. Sinseramente, também não vejo qualquer pecado por se ver a jovem princesa em topless, mas para os britânicos isto é uma heresia.

publicado por franciscofonseca às 20:24
sinto-me:

02
Set 12

Este vulcão e a sua caldeira situam-se no Parque Nacional de Yellowstone, que ocupa grande parte da região noroeste no Wyoming, além de pequenas partes dos estados de Idaho e Montana, nos Estados Unidos da América. Os geólogos conseguiram calcular que o ciclo de erupções do Yellowstone é em média, uma explosão gigantesca a cada 600 mil anos. O interessante é que a última ocorreu há 630 mil anos. Yellowstone, ao que parece, está com o prazo vencido.

Se o vulcão Yellowstone entrasse em erupção, a sua erupção duraria aproximadamente cinco dias. Cerca de três meses após a erupção uma nuvem de poeira vulcânica cobriria o Hemisfério Norte, fazendo as temperaturas baixarem para -30ºC. Ao mesmo tempo o Hemisfério Sul teria uma estação seca que duraria tempo indeterminado e temperaturas que chegariam a 50°C.

Imediatamente após a erupção um gás mortal e venenoso, chamado piroplastic que atingiria a temperatura de 900°C espalhar-se-ia incinerando tudo num raio de 1900km, devastando as regiões do Kansas, Nebraska, Livingstone, etc. Partículas do gás poderiam espalhar-se ainda mais longe, matando várias pessoas por envenenamento ou asfixia.

O tremor de terra resultante da erupção atingiria o grau 8.9 na Escala Richter, provocando uma onda subterrânea que iria espalhar-se até o oceano, causando um enorme tsunami com ondas de 55 metros, que iriam devastar as áreas costeiras da Europa, América Central, América do Sul, e Ásia.

A última erupção de um supervulcão na Terra foi em Toba, no norte de Sumatra, 74 mil anos atrás. Ninguém sabe sua extensão; sabe-se apenas que foi colossal. Acredita-se que o evento possa ter deixados os seres humanos à beira da extinção, reduzindo a população global a nada mais do que alguns milhares de indivíduos. No mínimo é um senário assustador.

publicado por franciscofonseca às 19:57
sinto-me:

26
Ago 12

No ano em que nasci o homem chegou a Lua. Aprendi na escola como tantos outros milhões de pessoas, por todo o mundo, que o primeiro homem a pisar na Lua foi Neil Armstrong, que comandou a Apollo 11, missão que chegou ao satélite da Terra em 20 de julho de 1969. Ao ser o primeiro ser humano a pisar em outro corpo celeste, Armstrong proferiu a frase, que se tornou celebre: “Um pequeno passo para um homem, um grande salto para a humanidade.”

Mas segundo especialistas a NASA, agência espacial americana, não tinha tecnologia para colocar o homem na Lua em 1969. Mas precisava fazer isso de qualquer maneira, pois estávamos no auge da Guerra Fria. Tudo porque, em abril de 1961, o cosmonauta soviético Yuri Gagarin conseguira entrar para a história como o primeiro homem a viajar pelo espaço. Para não ficar atrás, o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, fez uma promessa: até o final da década, os EUA mandariam astronautas para a Lua.

Existem perguntas que ainda hoje não têm resposta e que são alguns indícios do maior embuste do século XXI. Não se viam estrelas no céu. Ora, se não existe atmosfera na Lua, as estrelas deveriam ser visíveis. Não apareceu nenhuma cratera, e todo mundo sabe que a Lua está cheia delas. As sombras dos astronautas no chão não eram paralelas, como se existissem duas fontes de luz – mas é sabido que só existe uma, o Sol.

Bem, mas não quero aqui desenvolver nenhuma teoria da conspiração. Mas passados 42 anos quase todos continuamos a acreditar que efetivamente Neil Armstrong esteve na Lua, que descanse em paz e talvez consiga, agora viajar bem mais longe.

publicado por franciscofonseca às 22:02
sinto-me:

17
Ago 12

Os últimos dias foram férteis em casos mediáticos empolgantes. Os milagres continuam a acontecer neste nosso mundo. Um trabalhador de uma obra no Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, sobreviveu após um ferro de ferro de 2 metros de comprimento atravessar a sua cabeça. A barra de ferro caiu do quinto andar da construção e perfurou o lobo parietal (parte posterior da cabeça) e saiu por entre os olhos do homem de 24 anos. Após a retirada do ferro o homem continuou a mexer pernas e braços, realmente é um milagre.

O conflito diplomático entre Equador e Reino Unido provocado pela declaração de asilo político Assange, fundador do Wikileaks. O australiano vai permanecer por tempo indeterminado na embaixada equatoriana em Londres, onde tenta evitar a extradição para a Suécia. Ele está preso numa terra de ninguém. Uma das coisas que provoca mais stress às pessoas é não ter qualquer controlo. E ele não tem nenhum. O controlo está nas mãos de outras pessoas: o governo britânico, o governo equatoriano.

A Justiça russa declarou hoje as três jovens do grupo punk russo Pussy Riot culpadas por "vandalismo" e "incitamento ao ódio religioso", e condenou-as a dois anos de prisão, menos um do que o pedido da acusação. A decisão do tribunal não dependeu da lei, mas da vontade do Kremlin, onde o Presidente russo Vladimir Putin dita as leis e comanda com mãos de ferro os destinos da Rússia.

Trinta e seis pessoas foram mortas na quinta-feira na mina de platina Lonmin de Marikana, no noroeste de África do Sul, quando a polícia abriu fogo contra os mineiros grevistas armados, num massacre horrendo e onde a Polícia sul-africana teve um comportamento a todos os níveis reprováveis. A missão da polícia é garantir aos cidadãos o exercício dos direitos e garantias das leis fundamentais de qualquer país. Os meios de atuação policiais devem ser sempre proporcionais e aplicados de forma gradual. Afinal, Milagres, conflitos diplomáticos, comportamentos totalitários e assassínios acontecem todos os dias neste nosso mundo.

publicado por franciscofonseca às 22:57
sinto-me:

15
Ago 12

Os dois futebolistas franceses Karim Benzema e Franck Ribéry vão a tribunal e arriscam até três anos de prisão no âmbito do chamado caso Zahia. O escândalo já rebentou no seio da política francesa, pois a ministra francesa do Desporto considera inconveniente que os futebolistas, investigados num caso de prostituição com uma menor, sejam convocados para a seleção francesa. Por outro lado o selecionador da França, Laurent Blanc, pretende convocar os dois jogadores para a equipa nacional francesa.

Os jogadores vão ser julgados pelo crime de “solicitação de uma prostituta menor”, no caso em que alegadamente terão mantido relações sexuais com Zahia Dehar, uma prostituta, na altura, menor de idade. O caso, que foi conhecido em Abril de 2010, está sob alçada da Brigada de Repressão do proxenetismo, e investiga uma discoteca alegadamente frequentada por vários jogadores da seleção francesa. Muitos casos têm sido relatados relativamente ao envolvimento de jogadores das seleções nacionais com prostitutas, a quando da realização dos estágios de preparação para os jogos.

Zahia Dear ficou conhecida em França depois de ter rebentado um escândalo dado o seu alegado envolvimento com jogadores da Seleção Francesa, quando tinha apenas 16 anos. Franck Ribéry e Karim Benzema foram implicados no caso e os processos criminais vão ser julgados pelos tribunais gauleses.

A imprensa francesa batizou-a de "prostituta de França" e ela soube bem como tirar partido da má fama, virando-a ao contrário e tornando-se ícone da moda. Além das sessões fotográficas para vários nomes conhecidos, tornou-se designer de moda e lançou nesta semana a sua coleção de lingerie de alta-costura na Semana da Moda de Paris. São estes contrastes que tornam a sociedade parisiense muito excitante, para a maioria dos comuns mortais.

publicado por franciscofonseca às 18:59
sinto-me:

09
Ago 12

A história que os povos europeus contaram de si mesmos durante séculos foi marcada pelo orgulho. Possuíam uma notável cultura e civilização, cuja matriz greco-latina e cristã era considerada superior a qualquer outra existente. Esta presunção legitimou a sua expansão pelo mundo, a conquista e colonização de outras regiões e povos.

Mas a barbárie acontece hoje aos olhos de todas as autoridades, nacionais e internacionais, sem que nenhuma medida concreta seja adotada. Se a barbárie está presente através de atos na própria civilização, desbarbarizar tornou-se uma questão urgente na educação dos povos.

Os habitantes das Ilhas Faroé, uma província autônoma da Dinamarca desde 1948, proporcionaram um grande derramamento de sangue durante o tradicional ''Grindadrap'' nesta ultíma quarta-feira. Estes moradores das Ilhas Feroé matam grupos inteiros de baleias, incluindo as grávidas e jovens. As baleias agonizam e sangram até a morte, enquanto selvagens bêbados golpeiam, esfaqueiam, batem e cortam os animais indefesos até sua morte, enchendo a baía de sangue. Nas Ilhas Feroé, até as crianças são encorajadas por adultos a cortarem as baleias até a morte.

Esta espécie de baleias é classificada como estritamamente protegida pela Convenção Europeia de Conservação da Vida Selvagem. Permitindo este massacre nas Ilhas Faroé, a Dinamarca falha nas suas obrigações como signatária desta convenção, mas durante décadas sempre impune.

O grande cúmplice da tirania é o silêncio; não atacar o despotismo é a maneira mais covarde de servi-lo; não denunciá-lo é auxiliá-lo; estar próximo dele sem feri-lo é a maneira mais vil de protegê-lo; e proteger o crime é mil vezes pior que cometê-lo; eis aí a hora em que a palavra é um dever e o silêncio é um crime.

publicado por franciscofonseca às 22:16
sinto-me:

12
Jul 12

Ao longo de tantas décadas, não é pequena a quantidade de bandas fabulosas que surgiram. Em contrapartida, o advento de artistas com qualidade duvidosa é igualmente proporcional. Mas no final das contas, os Stones são alguns dos poucos que conseguiram envelhecer com dignidade e competência o suficiente a ponto de ter sua arte perpetuada de geração a geração.

Foi a 12 de julho de 1962 que a banda, então oficialmente apresentada como "Mick Jagger e os Rollin'Stones", estreou-se ao vivo no clube-cave londrino Marquee, num concerto que durou cerca de 50 minutos.

Ao sucesso inicial alcançado nos anos 1960, seguiram-se uns conturbados anos 1970 e uns 1980 com concertos com um nível de produção inédita apresentados em longas digressões mundiais.

Contar a história completa deles é uma tarefa deveras complexa, talvez impossível. Seria necessário escrever livros, produzir filmes, pintar quadros e até encenar peças de teatro. Parabéns e continuem.

publicado por franciscofonseca às 14:59
sinto-me:

06
Mai 12

Uma turista britânica, durante uma sessão fotográfica com dois leopardos aparentemente dóceis, numa reserva na Africa do Sul, foi atacada por um deles, sem que nada o fizesse prever, quando pousava para tirar uma fotografia. Tudo aconteceu no dia do seu 60.º aniversário, que se transformou num pesadelo.

A turista foi socorrida pelo guia e pelo marido, sendo transportada ao hospital, com ferimentos na cabeça, estomago e pernas. Centenas de pessoas são mortas todos os anos por aninais selvagens. O homem cada vez mais ocupa e destrói os seus habitats naturais.

Ao longo da sua história, o ser humano tem-se utilizado dos animais de diferentes formas, evidenciando a sua importância e refletindo-se em atitudes de respeito, admiração e afeto. Contudo, algumas atitudes ligadas ao domínio, à exploração, ao medo e à aversão para com os animais selvagens têm gerado conflitos entre as populações humanas e a vida selvagem.

Esse conflito ocorre quando as necessidades e o comportamento da vida selvagem geram impactos negativos para os objetivos dos seres humanos ou quando os objetivos humanos geram impactos negativos para as necessidades da vida selvagem.

Normalmente, neste conflito a vida selvagem fica sempre em desvantagem. Centenas de espécies selvagens extinguem-se, todos os anos, devido à intervenção do homem na natureza. Depois, em compensação o homem cria estas reservas naturais, que são autênticos presídios da vida selvagem, que podem visitar em segurança, contemplar toda a beleza e expressar os seus sentimentos de admiração e afeto. Por vezes, as pessoas desafiam o instinto animal e as tragédias acontecem.

publicado por franciscofonseca às 14:11
sinto-me:

07
Mar 12

Em pleno século XXI muito se fala em Direitos Humanos, mas a comunidade internacional permite que os hospitais sírios se transformaram em centros de tortura, para os feridos nos protestos contra o regime do presidente Bashar al Assad. Os feridos que participaram nos protestos não são tratados, mas sim torturados. As ambulâncias são orientadas para levar os feridos para os centros de detenção, em vez de os transportar para os hospitais.

As práticas de maus-tratos, tortura psicológica, suspensão do corpo pelos pés e confinamento são comuns nas últimas quatro décadas na Síria, situação que se agravou a níveis assombrosos nos últimos meses. Quando a tortura é feita de forma sistemática constitui um crime contra a humanidade.

Um funcionário hospitalar grava secretamente imagens chocantes de torturas a doentes internados no hospital militar da cidade de Homs. As imagens mostram os feridos acorrentados às camas, com os olhos vendados e sendo torturados com choques elétricos e bastonadas, pelos médicos e pessoal hospitalar.

O cenário é escabroso, os “tratamentos” de tortura passam por torcer os pés até partirem as pernas aos detidos, são operados sem anestesia, são amarrados as camas e negam-lhes água, entre outras coisas horríveis. Os amputados acabam por gangrenar, porque os médicos não prescrevem antibióticos.

Eu compreendo perfeitamente que a Síria não seja um país geoestratégico, para os signatários da OTAN, nem que nenhum país tenha interesses como aconteceu no caso da Líbia. Na Líbia os Estados Unidos têm interesses geoestratégicos e económicos, a França e a Inglaterra possuem interesses económicos, mais que geoestratégicos. Por isso antevejo que na Síria, o regime de Damasco continue a infligir tortura e terror a todos os opositores e manifestantes contra o regime, sem qualquer intervenção mais musculada de qualquer organismo internacional.

publicado por franciscofonseca às 20:34
sinto-me:

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
TIME
Google Analytics

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
TRANSLATE THIS BLOG
Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain
VISITANTES
PARCEIROS
À toa na Net Tedioso: Os melhores links MDig - O maior repositório de risos da rede GeraLinks - Agregador de links LinkLog Colmeia: O melhor dos blogs Piadas Idiotas - São idiotas mas o faz rir My Ping in TotalPing.com Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
blogs SAPO